Bem Vindos

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

CULTURA GAUCHESCA

Clássicos da literatura infanto-juvenil são adaptados com cultura gauchesca.

 

Títulos criados por editora gaúcha adaptam histórias famosas.
Cinderela, por exemplo, virou Prendarella no Reino Grande do Sul.

Prendarella (Foto: Reprodução)

Se os adultos já foram contemplados com um livro de colorir gaudério, agora a criançada ganhou uma versão "louca de especial" de clássicas histórias infanto-juvenis. Proposta da editora gaúcha Edibook, a série Prendas & Peões adaptou contos como os das princesas Cinderela e Branca de Neve para a tradição gaúcha. No lugar de princesas e príncipes, as histórias são de prendas e peões em um reino fictício inspirado no Rio Grande do Sul e dividido em oito províncias.
A ideia surgiu a partir da dificuldade anual de enfeitar as vitrines de livrarias no mês farroupilha. Com poucas obras sobre o assunto, Pauline Pereira, uma das escritoras da série, diz que havia uma lacuna nesta época do ano. Foi então que editor R. S. Keller pensou no projeto de fazer a releitura dos clássicos.

Mais informações