Bem Vindos

27 de agosto de 2012

Resumo do Livro " FIZ O QUE PUDE " de Lucília Junqqueira de Almeida Prado

            LIVRO  "FIZ O QUE  PUDE"
                            RESUMO

  Autora: Lucília Junqueira de Almeida Prado
 Editora Moderna
 Coleção Girassol
                                




 O livro conta a história de uma floresta muito linda, muito grande, com árvores altíssimas, sombras refrescantes. As árvores davam flores o ano inteiro. Os bichos assim diziam satisfeitos :
 - Vejam as flores amarelas daquele ipê!
 Nem o ouro é tão brilhante, colírio para os olhos, fartura para as abelhas...
 Nela moravam animais de todas as espécies e jeitos, e cores. Uma vez por mês  todos se reuniam e cada um dava seu palpite, sugestão, ou reclamação.
Comentavam sobre  o doce  mel das abelhas, as folhas que caiam etc.... Desde as minúsculas formigas até a musculosa onça-pintada participava da confabulação.
O sr. macaco aconselhava:
- Não devemos nos lembrar só o que a floresta pode fazer por nós, mas do que nós podemos fazer por ela.
Todos batiam palmas.
 Cada um dava seu palpite de como poderiam cuidar mais da floresta, que afinal era casa de todos.
No entanto havia um passarinho, pequenino, de uma cor que ninguém sabia dizer qual era, nem marrom, nem cinza, nem bege, um passarinho muito sem graça. Ele nunca dava palpites e dizia que saber escutar os conselhos e as idéias dos outros também  tem seu valor.
Até que um dia, sem ninguém saber de onde, veio o fogo. Muito alto e com muita força ia destruindo a floresta tão amada por todos. Os animais apavorados só pensavam em fugir.
Só ficou o passarinho sem graça. Resolvera não fugir, pensando:
" Ué! Não é agora a hora de fazer alguma coisa pela floresta? Ela que até hoje só nos protegeu?"
E, voando até a nascente do riacho, encheu o bico de água, que veio derrubar o sobre o fogo da floresta. A minúscula quantidade de água sobre o fogaréu imenso. E voava da mata para o riacho, incansável.
Depois de muito tempo, o fogo foi baixando e os outros bichos, admirados com a valentia do passarinho, voltaram para lhe perguntar:
- Mas  de que adianta todo seu esforço?
- Você não conseguirá apagar o fogo da floresta...
Então ele disse:
- Sei disso, mas. quando o fogo se apagar e o chão estiver coberto de cinzas, se me perguntarem o que fiz para evitar a destruição, posso responder: "FIZ O QUE PUDE "!

                  BOA  LEITURA!!!!!!!!

DEIXE SEUS  COMENTÁRIOS!!!!!!