Bem Vindos

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Érico Verissímo


Memorial com obras de Erico Verissimo é inaugurado em Porto Alegre (RS).

Inaugurado nesta terça-feira (24/9), o memorial Erico Verissimo apresenta uma coletânea com mais de três mil itens, divididos entre volumes originais, manuscritos, correspondências, desenhos, fotos, mapas, vídeos e filmes sobre o escritor de “O Tempo e o Vento” e de várias outras obras da literatura nacional.

De acordo com o G1, do prédio de seis andares do Centro Cultural que leva o nome do jornalista, no centro de Porto Alegre, dois foram dedicados ao memorial que reúne os acervos de dois amigos do escritor: o jornalista e bibliógrafo Mário de Almeida Lima, e o doutor em Letras Flávio Loureiro Chaves.  A biblioteca "O Continente" vai ter novas instalações e será destinada a estudos e pesquisa para acadêmicos e para o público em geral.

Verissimo publicou mais de 30 livros, entre romances, ensaios literários, crônicas de viagens e autobiografias. Ele morreu em 28 de novembro de 1975, vítima de um infarto, deixando o segundo volume de sua biografia "Solo de Clarineta", publicado postumamente com a organização de Flávio Loureiro Chaves.
 Várias de suas obras são adaptadas para a televisão e o cinema e seus livros foram traduzidos para mais de dez idiomas.