Bem Vindos

terça-feira, 18 de junho de 2013

RESUMO DE " A OUTRA FACE " de SIDNEY SHELDON

                                                    RESUMO



 TÍTULO   :   A OUTRA FACE
 AUTOR    :   SIDNEY SHELDON
EDITORA  :  RECORD



Judd Stevens é um psicanalista bem sucedido, que derepente se vê cercado por um mistério que está  colocando sua vida em risco.
Após a morte de um de seus pacientes e de sua secretária, Judd se torna o principal suspeito desses assassinatos, com dois agentes do FBI na sua cola. Judd além de ter que provar sua inocência também têm que convencê-los que sua vida corre perigo. Como não consegue tal feito Jud começa a procurar por sua próprias provas, e contrata um detetive que mal ele sabe salvará sua vida. 
Norman Z. Moddy só não imaginava que quando Judd entrou em seu humilde escritório e ele aceitará um serviço que parecia ser como qualquer outro, assinará sua sentença de morte. Assim que Moody impede que uma bomba instalada no carro do médico acabe com sua vida, começa a perceber que quem quer que seja que está atentando contra a vida de Judd não está de brincadeira.
Nesse meio tempo Judd começa a perceber que quem está relacionado com esses crimes só pode se um de seus pacientes, já que sua vida social gira em torno deles, entre os suspeitos estão uma atriz decadente nifomaníaca, um pai de família com tendências homossexuais, um empresário neurótico e uma jovem que não deixa transparecer quais são seus verdadeiros problemas, mas por quem Judd se viu completamente apaixonado.
Moody finalmente descobre quem é o verdadeiro assassino e está prestes a revelar sua descoberta a Judd, porém McGreavy e Frank Angeli ( agentes do FBI ) o encontram morto em um frigorífico abandonado.
McGreavy agente que já viu de tudo em seus muitos anos de polícia, demonstrava estar cada vez mais desconfiado de Judd, deixando-o cada vez mais sobre pressão, porém Judd nem desconfiava que McGreavy mantinha um segredo que mudaria totalmente sua perspectiva de quem Judd acahava ser bom ou mal.
Frank Angeli era o policial com qual Judd simpatizava, pois acreditava em sua inocência, após o falecimento de Moddy, Judd começou a confiar sua vida a ele, pois não havia mais ninguém a quem recorrer. 
Depois de outro atentado contra a sua vida, Judd se encontrava no leito de um hospital tentando descobrir quem poderia fazer aquilo contra ele e por quais motivos, mas não chegava a resposta alguma, depois de muito tempo teve um pensamento que dominou sua mente, um pouco antes da morte de Moody ele havia dito algo que deixara Judd intrigado, Don Viton, apesar da polícia ter rastreado o nome por todos os países não chegou a conclusão nenhuma, mas agora Judd sabia a resposta  e que estava prestes a descobri quem  o queria morto. Fugindo do hospital ligou para Frank ele relatou o que havia descoberto, marcardo de se encontrar, mas ele mal sabia que marcara um encontro com o ajudante do seu assassino.
McGrevy tinha experincia o bastante para saber que sempre haveria policiais corruptos, ele os odiava, particularmente Frank se infiltrará na investigação e achara que sairia despercebido, sabia que não era honesto desde o pricípio e assim que descobriu que Frank estava ali a mando de Don  Viton, ( termo italiano  paras chefão da máfia italiana ), para matar Judd Stevens, ele mandará expedir um mandado de prisão para Judd com o intuito de salvar sua vida, mas havia chegado tarde demais ao hospital e Judd estava indo em direção a morte.
Agora tudo fazia sentido quando estava no carro de Frank entrando naquela casa, Judd compreendeu a cilada em que ele mesmo se colocara, viu que           tinha confiado no policial errado e que não era McGreavy que queria matá-lo como Frank dissera, e pior viu quem era a paciente que tinha relação com sua futura morte, lembrava como ficara fascinado vendo-a descrever o lugar onde morava, não pelo lugar é claro mas pelo modo como ele falava, tudo nela o encantava, e tudo que ela dizia estava guardado claramente na mente de Judd, e enquanto ele via a casa em que estava entrando percebeu que ela havia feito uma descrição perfeita do local, era imponente lindo e onde um só chegão escolheria para morar.
Sabia que iria morrer mas não temia por sua vida. Temia pela vida dela, quando DeMarco marido de Anne, Don Viton, explicou porque tantas vezes atentara contra a vida de Judd, ele percebeu que não era só ele que corria perido, percebeu   que não era só ele que morreria naquele dia.

Colaboradora :  Jaqueline Desiree
                           Aluna do 3º Ano do Ensino Médio
                           COLÉGIO ESTADUAL JOÃO BATISTA VERA
                            PIRAQUARA  PARANÁ   BRASIL

Como sempre Sidney Sheldon é perfeito.


DEIXE SEU COMENTÁRIO!!!!!!!!!