Bem Vindos

terça-feira, 23 de abril de 2013

Resumo do Livro : João e Maria

                         JOÃO E MARIA
                        
                   Coleção  Conta Pra Mim

    Autor: Irmãos Green

  Editora: Rideel   

          

 Era uma vez dois irmãos, João e Maria, que moravam com o pai e a madrasta. Eles eram muito pobres e passavam dificuldades. 
Um dia a madrasta malvada teve a ideia de abandonar João e Maria na floresta para  não precisar repartir mais a comida. O pai não queria mas ela o convenceu.
João ouviu a conversa, correu no quintal e apanhou umas pedrinhas brancas e as escondeu. No dia seguinte os dois seguiram para a floresta. O pai triste caminhava na frente acompanhado da madrasta. João e Maria seguiam atrás. 
Esperto o menino João ia jogando as pedrinhas no chão. Quando chegaram no meio da floresta a madrasta disse:
_ Fiquem aqui e descansem. Eu e seu pai voltaremos mais tarde, para recolher a lenha. Cansados da caminhada, João e Maria dormiram encostados num tronco de árvore. 
Quando acordaram era noite. Rapidamente seguiram as pedrinhas brancas, que brilharam com a luz do luar. Andaram e chegaram à cabana. O pai ficou feliz de vê-los, mas a madrasta ficou furiosa. 
Ela disse que na manhã seguinte iriam executar o plano de novo. Dessa vez João não consegui catar as pedrinhas e Maria começou a chorar. João disse:

_ Não se preocupe daremos um jeito.    



center>
--> No outro dia o pai e a madrasta os levaram para mais longe por outro caminho. João não tinha pedrinhas mas foi jogando ao chão pedaços de pão velho. O pai e a madrasta deixaram os dois lá e novamente adormeceram, quando acordaram os pássaros tinham comido o pão. João e Maria andaram por quase toda a noite, mas estavam perdidos. No dia seguinte encontraram um pássaro que ficou sobrevoando em volta deles até que os irmãos resolveram segui-lo. E chegaram a uma casa toda feita de doces, e bolos e balas e diversa guloseimas deliciosas, e como estavam famintos comeram parte da casa até que de repente a porta se abriu e de lá saiu um velhinha que não via bem. Ela era na verdade uma bruxa. As crianças se assustaram , mas a bruxa se fez de boazinha e os convidou a entrar  e descansar, serviu um jantar e também uma cama para dormirem.
No dia seguinte o menino foi preso  num porão e a menina foi feita de empregada da bruxa. Todos os dias a bruxa pedia que João colocasse o dedinho numa grade para ela ver se estava gordo, mas ele colocava um ossinho de galinha no lugar, ela não enxergava direito mesmo. Certo dia a bruxa disse a Maria que levantasse cedo no dia seguinte e colocasse a água para ferver num caldeirão. Magro ou gordo eu vou fazer um cozido do seu irmão ela disse a Maria. A menina implorou pelo irmão mas não adiantou nada. 
Pela manhã Maria fez o que a bruxa queria. A bruxa pediu a Maria que colocasse a cabeça dentro do forno e verificasse de estava quente, o plano era assá-la. Por isso, inventou uma desculpa de que o forno não estava esquentando, quando a bruxa foi ver, Maria a empurrou lá dentro e travou a porta. Em seguida libertou o irmão. Antes de sair da casa da bruxa, João e Maria descobriram uma mala cheia de riquezas: pedras preciosas, moedas de ouro, pérolas, diamantes. Usando sacos de pano, eles pegaram o quanto conseguiram carregar.
João e Maria caminharam durante muito tempo pela floresta e o pássaro apareceu de novo e os conduziu  até a cabana onde moravam. De longe avistaram o pai cortando lenha  no quintal. Ele contou que se arrependeu do que fizera e expulsou a madrasta de casa. Com a riqueza que trouxeram viveram felizes com o pai.
                       
-->